Governo de Goiás

Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Goiânia

Procure o que você precisa:
Domingo, 21 de Dezembro de 2014
Destaque Home Notícia
Com testes em Goiânia, uso de tecnologia em segurança pública é ampliado
23/07/2013 14h52

Iniciando com testes em Goiânia, o Governo de Goiás, por iniciativa da Secretaria de Segurança Pública (SSP), está usando a tecnologia, apoiada em tablets nas viaturas policiais e em aplicativos para smartphones, para otimizar a atuação policial. Além do Sistema de Controle Operacional (Sicop), que entrou em funcionamento no mês de maio, está em ação um novo programa, um sistema complementar que atua como um GPS e assim permite verificar onde estão os policiais em serviço e fazer a verificação completa dos cidadãos abordados pela PM. O software, pioneiro no país, foi criado por servidores da SSP.

Outra novidade é um aplicativo para smartphones que permite que o solicitante acompanhe a vinda da viatura, saiba quais policiais irão atendê-lo e, ainda, avaliar o atendimento (leia mais ao final).

A instalação iniciou por cerca de 150 viaturas. A partir dos resultados, que até o momento estão sendo positivos, é que será avaliada a possibilidade de expansão para os demais municípios do Estado. Os dados do programa estão acessíveis a qualquer computador. O software integra o Sistema Integrado de Atendimento à Emergência (Siae – 190).

“A utilização da tecnologia e o aperfeiçoamento dos procedimentos de policiamento propiciam uma eficiência de gerenciamento e de emprego operacional. E nos permite então dinamizar o emprego dos policiais para o atendimento das ocorrências. Isso com certeza é o ganho maior e o reflexo disso é um atendimento maior de ocorrências, uma atuação preventiva mais eficiente e a ampliação da sensação de segurança para a população”, destaca o secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita. Esse uso de tecnologia vem sendo diário, como é o caso das redes sociais para denúncias.

Sistema

Cada viatura da PM está recebendo um tablet com o software do sistema, que está ligado aos computadores da SSP. O equipamento permite uma série de possibilidades ao policial. A primeira delas é consultar os dados das pessoas abordadas desde ficha criminal, existência de mandados de prisão, imposto veicular atrasado, caso o veículo seja roubado, se existem boletins de ocorrência contra a pessoa, entre outras funcionalidades.

O segundo ponto é que por meio desse equipamento as viaturas podem ser rastreadas, pois ele funciona como um GPS. É possível fazer a navegação (verificar as rotas de tráfego mais rápidas) e o registro de onde esse veículo está e o percurso. O policial também consegue fazer toda a ocorrência pelo tablet, eliminando assim a necessidade de preencher a mão o relatório e depois digitá-lo em um computador, tendo assim que se deslocar para a base. Com o equipamento, esse tempo é poupado e assim que é encerrada uma ocorrência o policial se dirige para outra (caso não haja prisões).

Ainda nas funcionalidades do sistema, está a permissão para que o gestor (que acessa o sistema da SSP) observe onde estão as viaturas e possa deslocar àquela mais próxima da ocorrência para o local. Outra possibilidade é que a equipe pode receber o chamado da ocorrência pelo tablet ao invés da necessidade do acionamento via rádio. Ao receber a ocorrência, o policial clica na tela do equipamento e informa que está a caminho, o que automaticamente atualiza o sistema. Após a conclusão do atendimento o PM clica na tela e informa que a ocorrência foi concluída. Tudo isso desburocratiza o trabalho da Polícia Militar e reduz o tempo-resposta. E todo esse processo é monitorado por computador.

O secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita,  avalia que o principal benefício do sistema é otimizar o trabalho da polícia. Antes o posicionamento e uso das viaturas era feito de forma aleatória, agora isso ocorre de forma direcionada. Com o início do funcionamento do Siscop era possível identificar as zonas quentes de criminalidade e os pontos mais problemáticos. Com isso era possível direcionar as ações, mas ainda não era tão preciso. Agora a SSP sabe se a viatura fez o policiamento no local, onde passou, onde parou, quanto tempo demorou para atender a ocorrência e assim por diante. Com o aperfeiçoamento do sistema e caso haja integração com o sistemas de banco de dados (como o do Tribunal Regional Eleitoral)  será possível a ampliação dessa busca de dados, inclusive com digital (ainda sem previsão).

Smartphones

De acordo com o secretário, a SSP está investindo para ampliar os canais de comunicação com a população e assim melhorar o atendimento prestado. Está em processo de consulta pública para empresas e entidades que possuam aplicativos de smartphones possam oferecer soluções de comunicação e integração destes celulares com o atendimento das Polícias Militar e Civil, além do Corpo de Bombeiros. Por meio desse aplicativo o usuário pode solicitar atendimento da polícia, verificar o trajeto da viatura antes de chegar ao local da ocorrência, ver a foto e nome do policial que irá atendê-lo e avaliar o atendimento com uma nota. Os aplicativos serão disponibilizados gratuitamente à população. A expectativa é que isso ocorra ainda neste ano.

“Isso permite uma série imensa de melhorias. Na medida em que o cidadão utiliza seu smartphone, ele já envia o seu posicionamento geográfico,  pode mandar fotografias, pode mandar relatos de uma situação que esteja ocorrendo naquele instante;  permite que a viatura saiba onde ele se encontra e se dirija para lá; permite que o cidadão possa verificar a viatura que está indo e os policiais; e possibilita inclusive que ele possa dar uma nota e avaliar a qualidade do trabalho e atendimento que a polícia lhe deu. Isso são inovações e ações que estão em desenvolvimento pela SSP através de uma consulta pública aberta à toda a sociedade, empresas e instituições”, comenta Mesquita.

Fonte: Goiás Agora, adaptado pela Comunicação Setorial da SDRMG – (Foto de Eduardo Ferreira)

Palácio Pedro Ludovico Teixeira, nº 400, 2º andar - Setor Sul - Goiânia – GO - CEP: 74.083-010

© Copyright 2012. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento